Estação Piedade: a biografia de Fernando MolicaEstante: livros públicados pelo MolicaPáginas Amarelas: textos, artigos e outras palavras maisJulio Reis: Biografia, Músicas e PartiturasBlog: Pontos de PartidaFoto MolicaClique para voltar a página principalFoto Molicawww.fernandomolica.com.brEntre em contato com o Fernando MolicaInformações para imprensa
Bandeira Negra, Amor

Bandeira negra, amor

FICÇÃO EM RITMO DE "TRILLER"

separador Editora Objetiva • 2005 • ISBN 8573027312 • Português • Capa tipo Brochura • 220 páginas • R$ 35,90 (preço sugerido)
BG
  • Apresentação
  • Capa
  • Resenhas
  • Trecho do Livro
  • Comprar

Fred foi um garoto que cresceu vendo sua mãe fazer de tudo para ele parecer branco. Nada de andar com gente mais escura do que ele, com gente mais pobre. Nada de assumir o cabelo carapinha, nada de dizer: sou negro. No máximo, moreninho claro. Mas a vida é pródiga em artimanhas. O menino Fred transformou-se no Dr. Frederico Cavalcanti de Souza, advogado e militante do movimento negro, que mantém um caso secreto com Beatriz, major da PM e branca. De dia, Fred desafia a instituição militar, à noite, cai nos braços de uma das mulheres mais poderosas da corporação.

Bandeira negra, amor é um romance eletrizante. Partindo de uma trama policial, Molica explora meandros de nossos preconceitos, de nossas vilanias. Com Fred redescobrimos Friedenreich , lendário jogador da seleção brasileira que alisava os cabelos para parecer branco. Também conhecemos Scheyla, traveca velha da Lapa, e por intermédio de um coronel aposentado, submergimos na teia suja do poder.

Neste mergulho pelo submundo carioca, Molica tece vários matizes do preconceito, nos revelando os paradoxos de se assumir a cor negra num país como o Brasil.

BG
© Todos os direitos reservados. Todos os textos por Fernando Molica, exceto quando indicado. Antes de usar algum texto, consulte o autor. Desenvolvimento por Gabriel Lupi
Manutenção por Felipe Elia