“O ponto da partida” é aberto com trechos tirados de dois de sambas: “Rugas” (Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito”) e “Pra que pedir perdão?” (Moacyr Luz e Aldir Blanc).

Ao longo dos capítulos, outras composições são citadas: o personagem principal, o jornalista Ricardo Menezes, é fascinado por Nelson Cavaquinho e volta e meia recorre a músicas compostas pelo compositor mangueirense para expressar suas dúvidas e angústias. Aqui, alguns vídeos, disponíveis no You Tube, com trechos da trilha sonora de “O ponto da partida”:


Nelson Cavaquinho Programa Ensaio, TV Cultura, direção Fernando Faro “Rugas” (Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito) / “Não te dói na consciência?” (Nelson Cavaquinho, Augusto Garcez e Ary Monteiro)  / Aquele bilhetinho (Nelson Cavaquinho, Augusto Garcez e Canegal)


separador

Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito Programa Ensaio, TV Cultura, direção Fernando Faro “A flor e o espinho” (Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito) / “Mulher sem alma” (Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito) / “Pecado” (Nelson Cavaquinho e Ligia Uchoa)


separador

Nelson Cavaquinho “Pranto de poeta” (Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito)


separador

Moacyr Luz e Gabriel Cavalcante “Pra que pedir perdão?” (Moacyr Luz e Aldir Blanc).